terça-feira, 17 de agosto de 2010

Meus lugares.

Na madrugada do último domingo, fui viajar pra Apucarana (Paraná) com o meu pai. Eu morei lá desde os meus 5 até os 10 anos de idade e já fazia mais de 3 anos que eu não ia pra lá. Não porque não tive oportunidades, mas porque eu não quis ir mesmo. Tenho a oportunidade de ir com a minha mãe em todos os finais de ano, aliás. E me arrependi amargamente de não ter ido nesse último.
Daí meu pai me disse que ia pra lá a negócios e que ia aproveitar pra visitar os parentes e amigos e me chamou pra ir junto. Pra não me arrepender de novo, fui com ele.
Foi muito bom rever o pessoal... Não deu tempo de ver todo mundo, porque é muita gente pra visitar em muito pouco tempo, só fiquei lá um dia e meio. Foi uma viagem bem corrida, mas valeu a pena.
Um pouco de natureza, vários passarinhos cantando, frio de rachar com aquele solzinho gostoso de manhã pra esquentar, céu bem estrelado, jabuticaba no pé, sotaque sulino-caipira e tudo o mais, além de rever o pessoal... Enfim, senti uma nostalgia constante enquanto estava lá. Foi ótimo!
Mas eu não voltaria a morar lá. Aquele lugar é extremamente especial pra mim, marcou vários dos melhores momentos da minha infância (que não poderia ter sido melhor)... Mas fico pensando como eu seria se tivesse crescido lá, ter passado a minha adolescência e estar passando a minha juventude e etc. Acho que eu seria uma pessoa bem diferente. E esse "diferente" que imagino, não me agrada. Não que as pessoas de lá não me agradem, pelo contrário... Mas pra mim, pelo o que eu sou, não me encaixo mais naquele lugar. Me encaixei perfeitamente durante a minha infância e me lembro bem de como foi difícil vir morar aqui, mas hoje eu vejo que ir embora de lá quando eu estava com 10 anos foi algo do tipo "certo por linhas tortas".
Eu sempre vou ter muito carinho por Apucarana e, depois dessa viagem e etc, sempre vou querer ir lá pra relembrar, visitar as pessoas e enfim. Mas meu atual lugar é aqui, sem dúvidas. Pode ser que não seja também daqui a alguns anos... Mas agora é! São Caetano do Sul e São Paulo, amo esses lugares também... E é onde eu me encaixo perfeitamente agora.

Vida, vida... Sempre deixando marcas na gente, através de pessoas e de lugares também.

Um comentário:

Lih ~ disse...

É bem assim mesmo Tino, esses tempos fui visitar uma amiga em um dos meus antigos lugares, sinto falta de lá, mas meu lugar é aqui, porque foi aqui que me conheci melhor, que descobri coisas sobre mim e que aprendi a ser feliz com as armas que tenho :)

Beeeijoo ;*